Adriana Granado (1984, Porto Alegre/RS).

Vive e trabalha entre Porto Alegre e São Paulo. Formada em Jornalismo pela PUC (2009), e fez Pós-graduação em Fotografia pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP-SP, 2018). Na sua prática usa o corpo e a fotografia para explorar o espaço, objetos do seu entorno e temas como medo e memória. A partir do corpo, formula possibilidades para composições fotográficas em um campo que transita entre a performance, a autoficção e a manipulação digital. A fotografia, em seu trabalho, atua como um convite ao espectador para entrar em um espaço de especulação. Fez as exposições individuais Apto22, no Festival Photometria, na Grécia, em 2020, e no Centro de Artes da UFF (Universidade Federal Fluminense), Rio de Janeiro, em 2019. Do primeiro recebeu o prêmio Photometria Awards 2019 pela série Apto22. Atualmente participa do Hermes, grupo de acompanhamento para artistas, orientado por Carla Chaim e Nino Cais.

 

//english

Adriana Granado (1984, Porto Alegre / RS).

Lives and works between Porto Alegre and São Paulo. She is graduated in Journalism from PUC (2009), and did a postgraduate degree in Photography from Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP-SP, 2018). In her practice, she uses her own body and photography to explore space, objects and themes like fear and memory. From the body, she formulates possibilities for photographic compositions in a field that transitions between performance, self-fiction and digital manipulation. Photography, in her work, acts as an invitation to the spectator to goes into a space of speculation. She did the solo exhibitions Apt22, at the Festival Photometria, in Greece, in 2020, and at the Arts Center of UFF (Universidade Federal Fluminense), Rio de Janeiro, in 2019. She received the Photometria Awards 2019, for the Apt22 series.